Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

A inteligência artificial como ferramenta de transformação no mercado de trabalho

Em um mundo cada vez mais digital e conectado, a inteligência artificial (IA) emerge como uma força transformadora em diversas indústrias, incluindo o segmento de recursos humanos (RH). Profissionais de todas as áreas estão sendo desafiados a adaptar-se e a integrar essas tecnologias inovadoras em seus processos. Mais do que uma opção, torna-se uma necessidade reconhecer a IA como uma ferramenta de melhoria contínua, capaz de potencializar resultados e otimizar a gestão de talentos.

A resistência a novas tecnologias não é um fenômeno novo. No entanto, a IA, com suas capacidades quase ilimitadas, apresenta um desafio e uma oportunidade únicos. Para muitos profissionais, o desconhecido gera medo, alimentando bloqueios e reticências quanto à adoção dessas ferramentas. É crucial, portanto, que o mercado de trabalho se empenhe em demistificar a IA, apresentando-a não como um substituto do capital humano, mas como uma aliada na busca por eficiência, inovação e personalização.

Empresas pioneiras na adoção de IA em seus processos de RH já colhem frutos significativos. A utilização de algoritmos para triagem de currículos, por exemplo, demonstrou não apenas uma economia de tempo, mas também um aumento na qualidade dos candidatos selecionados. Plataformas de aprendizado adaptativo baseadas em IA estão permitindo treinamentos personalizados para desenvolvimento de habilidades, ajustando-se ao ritmo e às necessidades de cada colaborador.

Laszlo Bock, ex-VP de Operações de Pessoas do Google, destaca que “a IA tem o potencial de liberar os RHs das amarras do operacional, permitindo foco no que realmente importa: as pessoas.” Similarmente, Josh Bersin, referência global em inovação em RH, salienta que “a verdadeira magia acontece quando combinamos a inteligência humana com a artificial para criar sistemas de trabalho que antes eram impossíveis.”

Embarcar na jornada de integração da IA nos processos de trabalho não é mais uma escolha, mas uma condição para a competitividade e inovação. Encarar essas tecnologias como parceiras na evolução dos negócios e no desenvolvimento de talentos é essencial. Como profissionais, o desafio é cultivar uma mentalidade aberta e adquirir as competências necessárias para navegar neste novo paradigma.

Para inspirar essa transformação, trago a frase de Alvin Toffler: “Os analfabetos do século XXI não serão aqueles que não sabem ler e escrever, mas aqueles que não sabem aprender, desaprender e reaprender.” A habilidade de adaptar-se e evoluir com as novas tecnologias, como a IA, define os líderes e inovadores do futuro.

Assim, convido todos os profissionais, independentemente de sua área de atuação, a abraçarem a IA como uma ferramenta essencial de melhoria e inovação em seus processos. A jornada é desafiadora, mas as recompensas, tanto pessoais quanto profissionais, são inestimáveis.

Créditos: Rinaldo Dantas – Embaixador ABRH-PA | https://www.linkedin.com/in/rinaldo-marques/

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
  • Todos
  • Eventos
  • Novidades

GENTPOD – ESPECIAL 18° CGG – ANA BECKMAMN

GENTPOD – ESPECIAL 18° CGG – COM GUILHERMO SANTIAGO

ABRH-PA lança programa de integração estadual

Carrinho0
Seu carrinho está vazio =(
Enviar mensagem
1
Olá 👋 Precisa de ajuda?
Escanear o código
Olá 👋
Como podemos
Lhe ajudar?